Sustentabilidade ambiental

Acreditamos que o cuidado adequado com o ambiente promove nosso crescimento. Acreditamos nos direitos humanos, nas práticas comerciais sustentáveis e na aquisição responsável de recursos. Promovemos sustentabilidade corporativa não só em nossas operações, mas junto de nossos paceiros e cadeia de suprimentos.


SAVE

O programa SAVE (Sustainability at Veritas Empowered) ERG é um programa de sustentabilidade coordenado pelos funcionários, que apoia o compromisso da Veritas com o meio ambiente. Nossas equipes do SAVE estão localizadas em várias regiões de todo o mundo, apoiando iniciativas locais para aumentar a conscientização ambiental e o engajamento entre os funcionários da Veritas.


Sustentabilidade da cadeia de suprimento

A Veritas promove a responsabilidade não só nas operações internas, mas também em toda a nossa cadeia de suprimento. A cadeia de suprimento global da Veritas, que inclui atividades relacionadas à fabricação e ao transporte dos produtos físicos da Veritas, conta com seis fornecedores de nível 1. Nossa supervisão inclui o fornecimentos de matérias-primas, bem como a seleção e o gerenciamento dos fornecedores que montam e enviam nossos produtos embalados. Temos o compromisso de fabricar e desenvolver produtos que atendam à demanda dos nossos clientes e parceiros, com uma profunda ênfase em qualidade, responsabilidade social corporativa e eficiência operacional.

Aliança Empresarial Responsável (RBA)

Em 2016, a Veritas uniu-se à RBA. A Veritas adotou voluntariamente o Código de Conduta da Aliança Empresarial Responsável (RBA, Responsible Business Alliance) e, subsequentemente, aplicou o código à cadeia de suprimento e a alguns dos fornecedores de nível 1. Mais recentemente, a Veritas foi qualificada como membro regular da RBA. 

O Código de Conduta da RBA é um conjunto de padrões sociais, ambientais e éticos da cadeia de suprimento da indústria eletrônica. Os padrões definidos no Código de Conduta referem-se às normas e padrões internacionais, incluindo a Declaração Universal dos Direitos Humanos, os Padrões de trabalho internacionais (ILO), as Diretrizes OECD para Empresas multinacionais, padrões ISO e SA e muitos mais.

O código RBA destaca as expectativas da Veritas com relação às condições de trabalho, proíbe o trabalho infantil, forçado ou compulsório, e promove práticas éticas e ambientais junto aos nossos fornecedores.

 

Disposições do código RBA

A RBA contém disposições que abrangem o desempenho nas seguintes áreas:

Mão-de-obra

  • Livre escolha de emprego
  • Trabalhadores jovens
  • Carga horária de trabalho
  • Salários e benefícios
  • Tratamento humanitário
  • Não discriminação
  • Liberdade sindical

Saúde e segurança

  • Segurança ocupacional
  • Preparação para emergências
  • Doenças e lesões ocupacionais
  • Higiene industrial
  • Trabalho fisicamente pesado
  • Segurança do maquinário
  • Saneamento, alimentação e moradia
  • Comunicados sobre saúde e segurança

Ambiente

  • Relatórios e permissões ambientais
  • Prevenção de poluição e redução de recursos
  • Substâncias perigosas
  • Águas residuais e resíduos sólidos
  • Emissões atmosféricas
  • Restrições de material
  • Gestão de águas pluviais
  • Consumo de energia e emissões de gases de efeito estufa

Ética

  • Integridade nos negócios
  • Sem vantagens aditivas
  • Divulgação de informações
  • Propriedade intelectual
  • Negócios, publicidade e concorrência justos
  • Proteção de identidade e não retaliação
  • Obtenção responsável de minerais
  • Privacidade

 

Sistemas de gerenciamento

  • Compromisso da empresa
  • Requisitos legais e dos clientes
  • Objetivos de desempenho com plano e medidas de implementação
  • Treinamento
  • Participação e opinião do trabalhador
  • Processo de ação corretiva

 

Por meio desse esforço de colaboração da indústria, esperamos obter os seguintes benefícios:

  • Melhoria das condições de trabalho nas quais os trabalhadores são tratados com dignidade e respeito
  • Análise comparativa de práticas recomendadas para implementação de cadeia de suprimento na nossa indústria
  • Aumento da eficiência e menos esforço dobrado (os fornecedores podem se concentrar em concretizar mudanças e melhorias, em vez de responder a diferentes solicitações de auditoria dos clientes)
  • Engajamento das partes envolvidas em todo o âmbito da indústria
  • Maior alinhamento da indústria e conhecimento das melhores práticas

Código de conduta da cadeia de suprimento

Nosso Código de Conduta em compras, que está estritamente alinhado ao Código de Conduta da RBA, permanece como o código de conduta da Veritas para o restante da nossa cadeia de suprimento.

Direitos humanos

Na Veritas, trabalhamos para preservar e defender os direitos humanos em toda a nossa empresa e cadeia de suprimento. Temos uma política de tolerância zero para trabalho forçado, escravidão, trabalho infantil e tráfico de seres humanos, conforme descrito em nossa Política de Direitos Humanos, no Código de Conduta da RBA e no Pacto Global das Nações Unidas.

No dia 26 de março de 2015, a lei contra a escravidão moderna de 2015 entrou em vigor no Reino Unido. Essa lei exige que as empresas publiquem uma declaração formal de como evitam a escravidão e o tráfico humano em suas cadeias de suprimento.

  • Veritas Reino Unido - A declaração da lei contra escravidão moderna do ano fiscal de 2018 pode ser encontrada aqui
  • Veritas Reino Unido - A declaração da lei contra escravidão moderna do ano fiscal de 2017 pode ser encontrada aqui
  • Veritas Reino Unido - A declaração da lei contra escravidão moderna do ano fiscal de 2016 pode ser encontrada aqui

A Veritas também está em conformidade com a lei de Transparência nas Cadeias de Suprimento de 2010 da Califórnia que exige que os varejistas e fabricantes com receita bruta anual acima de U$ 100 milhões que fazem negócios no estado da Califórnia divulguem publicamente seus esforços para erradicar a escravidão e o tráfico humano das suas cadeias de suprimento diretas. A Declaração da Veritas para a Lei de Transparência nas Cadeias de Suprimento da Califórnia pode ser encontrada na: Declaração da Veritas sobre a Lei de Transparência nas Cadeias de Suprimento da Califórnia.

A Veritas tem uma política de tolerância zero e espera que todos os funcionários e prestadores de serviços tenham consciência das consequências de violar qualquer aspecto das atividades relacionadas ao tráfico humano. Os funcionários e prestadores de serviços podem denunciar possíveis violações dessa política à EthicsLine da Veritas.

Minerais de conflito

A Comissão de Valores Mobiliários (Securities and Exchange Commission, SEC) dos EUA adotou um regulamento ao abrigo da Seção 1502 da Lei de Reforma de Wall Street e Proteção ao Consumidor de Dodd-Frank que exige que as empresas divulguem se os produtos que fabricam ou comercializam para fabricação contêm minerais de conflito provenientes da República Democrática do Congo (RDC) ou de outros países implicados. Apoiamos as metas e objetivos da legislação dos EUA sobre o fornecimento de minerais de conflito declarados na nossa Política de Minerais de Conflito da Veritas.

Para enfatizar esse compromisso, também:

  • transmitimos essa política a nossos fornecedores;
  • aderimos à Aliança Empresarial Responsável (“RBA”); e
  • desenvolvemos um abrangente processo de diligência devida alinhado à Diretriz sobre Diligência Devida da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OECD, Organization for Economic Co-operation and Development) para Cadeias de Suprimento Responsáveis para Minerais Provenientes de Áreas de Conflito e Alto Risco.

 

A abordagem da Veritas para tratar dos problemas de minerais de conflito em nossa cadeia de suprimento está alinhada à Iniciativa para Suprimento Livre de Conflitos (CFSI, Conflict-Free Sourcing Initiative), liderada pela RBA e pela Iniciativa Global de Sustentabilidade Eletrônica (GeSI, Global e-Sustainability Initiative). Exigimos que os nossos fornecedores preencham o Modelo de Relatório para Minerais de Conflito (CMRT) da CFSI, que identifica o país de origem do mineral e as fundições e refinarias utilizadas. O modelo também facilita a identificação de novas fundições e refinarias que deveriam passar por auditorias independentes de terceiros a fim de comprovar se estão “livre de conflito”.

Para obter mais informações, consulte o nosso Relatório de Minerais de Conflito da Veritas.

Para saber mais sobre nosso processo de diligência devida para minerais de conflito, consulte o Relatório de Minerais de Conflito da Veritas.

Diversidade de fornecedores

Na Veritas, acreditamos que a diversidade de fornecedores é uma vantagem comercial distinta que favorece o crescimento econômico nas comunidades que servimos, e reflete outra forma de oferecer valor aos nossos clientes. Como parte do nosso programa de Diversidade de Fornecedores, controlamos ativamente nossa base de suprimento e monitoramos nosso avanço em direção às metas de gastos da nossa empresa. Também participamos de várias atividades de sensibilização, implicação e orientação junto a nossos atuais e possíveis fornecedores, incluindo envio de e-mails, aconselhamento, participação em conferências regionais e nacionais, bem como campanhas de conscientização. Para saber mais sobre esse programa, consulte nosso site.

Produtos rentáveis

Em 2016, a Veritas se tornou um parceiro ENERGY STAR®, demonstrando nosso compromisso com a eficiência energética.

Na Veritas, estabelecemos um processo para garantir que todos os novos produtos programados para lançamento cumprirão com os requisitos da Energy Star.

Por que a certificação ENERGY STAR® é tão importante?

Os produtos e práticas certificados pela ENERGY STAR® ajudam a economizar dinheiro e a reduzir as emissões de gases de efeito estufa porque cumprem estritamente as diretrizes de eficiência energética estabelecidas pela Agência de Proteção Ambiental (Environmental Protection Agency, EPA) e pelo Departamento de Energia dos EUA.

Um conjunto recente de testes realizado em conjunto pela EPA, Hewlett-Packard e Microsoft demonstrou que a substituição de um servidor antigo por um modelo novo certificado pela ENERGY STAR® economiza energia e oferece mais capacidade de processamento. Em alguns desses testes, o novo servidor com certificado da ENERGY STAR® consumiu 54% menos energia do que os modelos de servidores antigos. Os servidores com ENERGY STAR® serão, em média, 30% mais rentáveis energeticamente do que os servidores padrão.

A Veritas tem o compromisso de oferecer mundialmente produtos e serviços que ajudem os clientes a economizar energia e reduzir a pegada de carbono.

Reciclagem de lixo eletrônico

Ao reutilizar e reciclar equipamento eletrônico, ampliamos sua vida útil e reduzimos a quantidade de resíduos que enviamos aos aterros. Remodelar e reutilizar é especialmente importante para produtos eletrônicos e outros resíduos eletrônicos porque contêm, em geral, metais como chumbo, mercúrio, cádmio, ouro e prata, que têm vários impactos ambientais importantes, que vão desde a mineração inicial até a potencial contaminação ambiental se não forem reciclados ou descartados adequadamente.

A Veritas prioriza as oportunidades de reutilizar peças sobressalentes e realoca inventários antigos para evitar a compra de novos equipamentos. Os equipamentos que atingem o fim da vida útil são enviados aos fornecedores terceirizados responsáveis pela reciclagem adequada. Esses fornecedores oferecem serviços como recuperação de hardware, remoção de etiquetas e identificadores de ativos, bem como procedimentos de classificação, depuração, limpeza e destruição ambientalmente responsáveis de dados.

Para obter mais informações, visite nosso site sobre Conformidade com a WEEE e Reciclagem de baterias/pilhas.

Conformidade do produto

Declarações ambientais de conformidade

A Veritas tem o compromisso de oferecer produtos e serviços que atendam e superem os padrões internacionais, e que melhorem continuamente. Temos o compromisso de cumprir todas as leis e regulamentações aplicáveis, incluindo a Diretiva Europeia sobre Embalagens, Diretiva Europeia sobre Baterias, Diretiva da União Europeia sobre Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos (WEEE), Diretiva da União Europeia sobre Restrição de Substâncias Perigosas (RoHS), Diretiva da União Europeia sobre Embalagens, Diretiva da União Europeia sobre Baterias, Regulamento REACH (Regulamento para registro, avaliação, autorização e restrição de substâncias químicas), RoHS da China.

Informes técnicos sobre conformidade regulamentar para appliances

Certificados regulamentares de appliances

Modelo regulamentar VER5000WF (5340), Access 3340, Flex 5340
Modelo regulamentar SYM5000 (5230 e 5330)
Modelo regulamentar VER5000W (5240)

Para dúvidas relacionadas à documentação, entre em contato com regulatory.compliance@veritas.com.


Veritas comprometida em apoiar as SDGs (metas de desenvolvimento sustentável)

Para promover nosso trabalho em relação à implementação de iniciativas ambientais sustentáveis em nossas instalações e em toda a cadeia de suprimento, apoiamos as seguintes metas de desenvolvimento sustentável (SDGs):